MAUS TRATOS AOS ANIMAIS

MAUS TRATOS AOS ANIMAIS

( Wilson Protasio)

O nosso país acordou e, num brado retumbante, foi deflagrada uma campanha visando punições mais rigorosas contra todos aqueles que praticam nefastos atos de maus tratos aos animais. Iniciativa louvável e humana (no sentido bom da palavra) adotada por todas as entidades que se prestam á esse digno e belo mister de proteger a integridade física e psicológica dos seres da natureza, pelos humanos, considerados irracionais.

Os noticiários trouxeram a lume episódios que bem quantificam e qualificam a extensão da extrema maldade humana e sua danosa capacidade de praticar atos de crueldade contra os nossos bichos e, assim, o clamor público se estabeleceu e se espargiu entre todos os homens e mulheres desprovidos de ódios, falta de educação, ou outros sentimentos correlatos, em seus corações.

O Brasil possui legislação que define esses crimes e estabelece as penalidades decorrentes, entretanto as cominações legais incidentes são, extremamente, brandas e, por via de conseqüência, não reeducam e, evidentemente, não estancam o elenco de maldades praticadas contra esses seres inocentes que tem suas vidas a depender de nossas vontades. A questão não encontra repúdio, apenas, nos ultrajes aos animais considerados domésticos. Os animais silvestres, também, sofrem sevícias e são transformados em produtos de comércio, onde o lucro é o que vale, em detrimento dos sofrimentos e da vida desses seres capturados a qualquer custo e sem nenhuma observância aos primados da preservação.

Se isto não bastasse, as destruições de nossas florestas e rios são, também, causas de maus tratos e de morte de nossa fauna e flora. As destruições desses ambientes naturais se constituem em grave colapso ao equilíbrio ecológico e a decretação de penas capitais a todas as espécies dependentes. O ser humano não percebe, ou não quer perceber que cada árvore derrubada significará, no futuro, um considerável percentual de falta de oxigênio para animais e seres humanos, inclusive para seus próprios descendentes diretos – seus filhos, netos e etc. É a sinistra troca do Logus da posteridade, pelo Logus da prosperidade.

A Sociedade Alagoana de Criadores de Cães Pastores Alemães – SACCPA e o Kennel Club do Estado de Alagoas cerraram fileiras nas manifestações ocorridas em nossa capital. Fomos ao Programa Mundo Animal, levado ao ar pela Radio Jornal, sob a batuta do Radialista Moreira da Silva, grande baluarte e lutador incansável por essa causa e, lá, discutimos e colocamos, junto com outros defensores dessa tese, nossa repulsa a qualquer tipo de maus tratos contra qualquer ser vivo, inclusive animais domésticos, silvestres e contra nossas matas.

Esperamos que o movimento que se encontra em seu pico de atuação entre as ONGs e a sociedade, como um todo, não esmoreça e que as nossas autoridades competentes se sensibilizem e produzam normas jurídicas fortemente coercitivas e, acima de tudo, pedagógicas. Entendemos que a pena pecuniária, aplicada sem radicalismo, tem funcionado bem em outras situações. Afinal, a maior dor sentida pelos humanos, em regimes capitalistas, é a chamada dor no bolso.

 

                      Estamos ao inteiro dispor dessa nobre causa e, ao ensejo, concitamos a todos os pastoreiros e aos leitores Das redes sociais e do blog da SACCPA a participarem, opinarem e se engajarem firmemente a essa causa. Não podemos olvidar que um ser, que se diz humano, possa praticar atos de tortura contra animais, contra a natureza e permanecer impune. Animais e matas não podem se defender. Então sejamos as suas vozes e seus gritos de clamor em prol de respeito e de justiça.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: